• Autor Yuval Noah Harari
  • Ilustrador
  • Coleção História
  • ISBN 9789898855299
  • PVP 21,98 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de outubro de 2018
  • 1ª Edição abril de 2017
  • Edição atual 3.ª
  • Páginas 480
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 153 x 235 x 24 mm
  • Idade

Chegámos ao próximo passo evolucional: Homo Deus.

Homo Deus explora os projetos, sonhos e pesadelos que darão forma ao século XXI - desde o vencer da morte à vida artificial. Sucessor do bestseller internacional Sapiens: História Breve da Humanidade, coloca as questões fundamentais: para onde seguir a partir daqui? Como proteger o mundo dos poderes destrutivos do ser humano?

A guerra desapareceu.
É mais provável cometer suicídio
do que morrer num conflito armado.

A fome está a desaparecer.
É mais alto o risco de obesidade do que de fome.

A morte tornou-se um simples problema técnico.
Não alcançámos a igualdade - mas estamos perto de alcançar a
imortalidade.

A história começou quando os homens inventaram os deuses e terminará quando os homens se transformarem em deuses.

O que nos reserva o futuro?

Yuval Noah Harari é historiador, investigador e professor de História do Mundo na Universidade Hebraica de Jerusalém, considerada uma das melhores instituições de ensino a nível internacional. Doutorado em História pela Universidade de Oxford, Harari tem-se dedicado ao estudo e ensino da História, encorajando os seus alunos a questionar os conhecimentos e ideias que têm por garantidos sobre a vida, o mundo e a humanidade.

Harari foi duas vezes vencedor do Prémio Polonski para Criatividade e Originalidade nas Disciplinas de Humanidades, em 2009 e 2012. Publicou numerosos livros e artigos científicos. Sapiens: História Breve da Humanidade (ed. Vogais, 2015) é bestseller internacional, publicado em mais de vinte línguas. Em Homo Deus (ed. Elsinore, 2017), sucessor de Sapiens, aborda o futuro do ser humano.





Outros livros do mesmo autor

Sapiens: História Breve da Humanidade

Yuval Noah Harari

Uma obra elogiadíssima em todo o mundo, incluindo por Barack Obama, Bill Gates e Mark Zuckerberg.