• Autor Jay Parini
  • Ilustrador
  • Coleção Ficção Traduzida
  • ISBN 9789898864581
  • PVP 20,99 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de novembro de 2020
  • 1ª Edição maio de 2019
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 368
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 153x235x17,5 mm
  • Idade

«Uma obra inspirada... Um romance magnífico e perspicaz.» - Amos Oz

«Vim a este mundo sob o signo de Saturno - estrela da mais lenta revolução, planeta dos desvios e adiamentos.»

Em 1940, passada uma década de trabalho sobre um texto que lhe traria finalmente o desejado reconhecimento como um dos pensadores seminais do século XX, Walter Benjamin, alemão de origem judaica, encontra-se com a sua irmã numa Paris cercada pelos tanques nazis. Sob a sombra da captura, guarda o manuscrito de cem páginas e outros textos inéditos na sua pasta de pele preta e abandona França, numa fuga atribulada em direção aos Pirenéus e à passagem rumo à liberdade.

Jay Parini, autor de A Última Estação, narra com perspicácia de biógrafo estes últimos e trágicos meses de vida de Benjamin, que culminarão no seu misterioso suicídio. Nestas páginas, emerge o retrato humano e polémico de uma das mentes mais brilhantes de uma geração de intelectuais que inclui nomes como os de Hannah Arendt e Bertolt Brecht, servindo simultaneamente de elegia e testemunho de um tempo não assim tão longínquo.

«Uma visão pungente e eloquente da personalidade e destino deste grande pensador.» - Harold Bloom

Jay Parini é um poeta, romancista e biógrafo norte-americano. Além de várias biografias de relevo, sobre John Steinbeck, Robert Frost ou William Faulkner, é autor de vários romances biográficos, alguns dos quais alvo de adaptação ao grande ecrã, como é o caso de A Última Estação (ed. Editorial Presença, 2010).

Trabalha como professor de Inglês na Middlebury College, em Vermont, além de colaborar regularmente com o The Guardian e outras publicações.